Sabe quando você come um doce e sente como se ele te abraçasse por dentro?! Foi a minha sensação ao provar pela primeira vez uma sobremesa da Colher – Confeitaria Afetiva. Completando um ano em agosto, a doceria vem fazendo sucesso entre os amantes de doces em Natal com seu cardápio criativo tanto nas encomendas quanto no delivery.

No menu semanal, bolos caseirinhos chamam a atenção em sabores diversos. Desde os clássicos brigadeiro, doce de leite com crocante e red velvet, até os que já viraram marca registrada da Colher, como o pink lemonade (brigadeiro de limão e geleia de framboesa). São bolos com massa fofinha e cobertura cremosa, que vão de R$15 a R$18. Um prato cheio para quem não vive sem sobremesa.

Caseirinho Pink lemonade da Colher Confeitaria Afetiva (Foto: Reprodução/Colher Confeitaria)

Danielle Santos, confeiteira e criadora da Colher, conta que o cardápio do delivery foi pensado para oferecer aos clientes a oportunidade de pedir a qualquer hora o que antes só podiam pedir por encomenda. “Os sabores variam de acordo com a semana e também com a inspiração. Tentamos inventar umas coisinhas diferentes sempre que possível”, conta.

Junto aos caseirinhos, há opções fixas como os cookies (R$4-R$10), as marmitinhas de brownies (R$6-R$9) e os salgados produzidos por pequenas empresas parceiras da Colher.

Marmitinhas de brownie Colher Confeitaria Afetiva (Foto: Reprodução/Colher Confeitaria)

Em datas comemorativas, a confeitaria entra no clima e oferece cestas presenteáveis com sobremesas temáticas, como o bolo de doce de leite com ameixa oferecido no Dia dos Avós e a mousse de chocolate com uísque Jack Daniels que entrou no cardápio para o Dia dos Pais. Não à toa, a Colher leva em seu título o marca de Confeitaria Afetiva.

Além da matéria prima de qualidade, prezamos sempre por entregar nossos produtos como todo o amor possível. Isso vem muito de quem me inspirou a mergulhar na confeitaria: minha avó. Cada docinho que sai da cozinha é pensado e preparado com muito afeto, as encomendas são sempre criadas de forma personalizada para que os clientes possam se ver naquilo. É muito especial poder participar de momentos importantes de tanta gente”, relata Danielle.

Bolo produzido sob encomenda da Colher Confeitaria Afetiva (Foto: Reprodução/Colher Confeitaria)

Tanto cuidado na produção dos bolos é refletido também na estética moderna com que a Colher apresenta toda a sua identidade de confeitaria. A logo e campanhas são criações de Igor Marcelino, publicitário e noivo de Danielle, e contam uma história junto às produções de açúcar.

“A ideia é refletir na comunicação da Colher nosso gosto pessoal, mas ao mesmo tempo abraçar nosso público de forma que ele se identifique. Um dos nossos objetivos é quando alguém bata o olho em uma imagem no Instagram ou em um bolo nosso em uma comemoração, já consiga identificar que é da Colher”, afirma a confeiteira.

Danielle, que todos chamam de Dani, começou a fazer doces como hobby e para ter uma renda extra enquanto trabalhava em uma agência de publicidade e como maquiadora. Com o crescimento da Colher, a escolha pela confeitaria foi natural, para a felicidade dos nossos paladares. Os pedidos da Colher podem ser feitos através do iFood ou MenuDino.

Um comentário em “Doces que abraçam: conheça a Colher – Confeitaria Afetiva

  1. Pelo amor de Deus eu amo tudo que Dani faz na Colher. Realmente tudo com muita qualidade e carinho. Sou cliente há bastante tempo e ela se tornou referência de qualidade pra mim.

    Parabéns pelo texto. 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s